Sempre fale sozinho pra afastar os homens invisíveis

Últimas

Varinha de Condão

porque não apanha sua varinha de condão e a enfia em seu envoltório

Frei Rosário

Tão risível e simiesco, parece observar o mundo entre o foco e o vértice de um corpulento espelho.

favor de mendes

Enquanto buscava a melhor posição frente a penteadeira
os cupins roeram o que restou

uma lágrima correu
e salgou seus lábios

seu último vestido branco
envermelheceu de pronto e nada mais fazia sentido

só restou repousar em seu porão
este que seria sua morada eterna

4004 1120

o ouro é para tolos

o amor é para poucos

algebra é com o boulos

Joel em círculos

Joel é a nova onda

Joel fundou o novo mundo

ele esqueceu que era surdo e mudo

e saiu falando e ouvindo tudo

não gostou de nada disso

se trancou e criou um submundo…

Ele e os omi

Depois desse desterro nessa cidade imunda

salvaram todos menos o João sem dentes, e o Wersleison

que viriam a ser os construtores do navio parolim

pássaros

Os pássaros voam para o sul

o belo e destruido sul,

e ao chegar lah não vão sentir tristeza?

não, vão sentir fome primeiro depois tristeza.

Teoria do Paraná

Em um dia inspirado, mergulhei profundamento no universo das teorias e tive um lapso de genialidade que me orgulha imensamente.

Primeiramente pare tudo e preste atenção isso exige concentração total

A teoria do Paraná é aplicável no âmbito da lógica descritiva e em linguagens em geral.

ela consiste em uma brilhante e irrefutável teoria comparável as grandes obras de Newton da Costa. Por meio de alguns passo lógicos eu provo que toda palavra pode se transformar na palavra Paraná.

O algoritmo para se compreender essa teoria é o seguinte:

Inicialmente escolha uma palavra qualquer, por exemplo a palavra exemplo

o primeiro passo consiste em tirar as  letras que não nos interessam, no caso tiramos a letra E a letra X a letra E novamente a letra M deixamos a letra P, tiramos a letra L e a letra O;

em seguida adicionamos as letras adequadas pra formação da palavra, como jah temos a letra P, começamos adicionando a letra A, depois a letra R, novamente a letra A, seguida de N e por último a letra A com acento agudo,

a partir daí só montamos a palavra Paraná, colocando a letra P antes de A, R, A, N,A com acento agudo

e temos o resultado: PARANÁ

por: Ronaldo Teórico

Pobre e pequeno cavalo azul

Ele era tão pequeno, tão seco

ninguém o queria, ninguém o montava, ele se sentia tão ignorado

será que era pq ele era um cavalo azul?

mesmo assim esperava que um dia alguém o montasse pra que ele concedesse os três desejos